07 nov
Deputados do Governo do Tibet no exílio recebem representantes do parlamento Brasileiro
0

pastor no tibet

Os Deputados federais Pastor Eurico  (PSB/PE) e Walter Feldeman (PSB/SP) foram recebidos pela Câmara dos Deputados no Exílio da cidade de Dharamsala, na Índia.

O Brasil soma-se à França, ao Reino Unido, à Alemanha, à Holanda e à Suíça, países que veem sendo solidários à situação do Tibet, que sofre retaliações do Governo Chinês, por buscar liberdade política e religiosa para o povo tibetano.

Para os deputados brasileiro Pastor Eurico PSB/PE e Walter  Feldman PSB/SP, é necessário tentar a retomada do diálogo entre o Governo Chinês e o Governo Tibetano do exílio.

Consideram os representantes brasileiros a importância de ouvir ambas as partes, ressaltando que já foram convidados, pela Embaixada China, para irem ao Tibet e conheceremin loco o posicionamento chinês.

Na esperança de uma solução pacífica, os deputados brasileiros seguem na esperança de dias melhores para o povo tibetano.

07 nov
O Dep. Fed. Pastor Eurico aproveita intervalo de trabalho e entrega Jornal ADNEWS a Hinduístas
0

Pastor India

Em missão parlamentar na Índia, o Dep. Fed. Pastor Eurico não perde a oportunidade e entrega mensagem de Cristo, através do jornal AD NEWS da Igreja Assembleia de Deus em Pernambuco.

Apesar de estar Dep. Federal, não posso esquecer que onde eu estiver sou um mensageiro de Deus, diz o Pastor Eurico.

04 nov
No Senado, urologistas cobram criação de centro de saúde do homem
0

Congresso foi iluminado de azul em campanha contra o câncer de próstata.
Segundo entidade, doença é a segunda causa de morte de homens no país.

congressoazul

O presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, Aguinaldo Nardi, cobrou nesta segunda-feira (4) do governo federal a criação de um centro de referência em saúde do homem para melhorar o acesso da população de baixa renda a exames urológicos. No Senado, a instituição participou do lançamento a campanha “Novembro Azul”, de combate e prevenção ao câncer de próstata.

A exemplo do que ocorreu durante o “Outubro Rosa” – quando diversos monumentos brasileiros foram iluminados de rosa para promover a prevenção ao câncer de mama –, o Congresso Nacional recebeu luzes azuis, como forma de incentivar a realização de exames pelos homens. O Cristo Redentor e a Igreja da Penha, no Rio de Janeiro, também participam.

A Sociedade Brasileira de Urologia encaminhou ao Ministério da Saúde projeto que cria centros especializados para homens. Segundo Nardi, é preciso agilizar o atendimento da população de baixa renda no sistema público de saúde.

Continue lendo Fonte : http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/11/no-senado-urologistas-cobram-criacao-de-centro-de-saude-do-homem.html

04 nov
ESTRELAS DOURADAS
0

menino olhando estrelasDurante a II Guerra Mundial, nos Estados Unidos, era costume uma família que tivesse um filho que servisse nas Forças Armadas colocar uma estrela na janela frontal da sua casa.

Porém, uma estrela dourada indicava que o filho tinha morrido por apoio à causa do seu país.

Há anos, Sir Harry Lauder contou uma história comovente sobre este costume. Ele disse que uma noite um homem caminhava por uma rua de Nova Iorque, acompanhado pelo seu filho de 5 anos. O pequeno foi atraído pelas luzes que brilhavam nas janelas das casas e quis saber por que é que algumas casas tinham uma estrela nas janelas.

O pai explicou que aquelas famílias tinham um filho a combater na guerra. A criança bateu as palmas quando viu outra estrela na janela e exclamou, “Olha, Papai, outra família que deu o filho ao seu país”.

Finalmente chegaram a um descampado, depois da correnteza das casas. Daquele lugar podia-se ver uma estrela a brilhar no céu. O pequenino voltou à olhar, “Oh, Papai”, “Olha para aquela estrela no céu! Deus também deve ter dado o Seu Filho”.

Sim, de fato! Há uma estrela na janela de Deus. Sabes o que Ele fez por ti? Ele deu o Seu Filho, por causa do Seu amor por nós. 
 

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3.16

03 nov
Prática regular de exercício físico é importante no tratamento da enxaqueca crônica
0

thaisss_304_128_128Se você apresentou mais que 15 dias de dor de cabeça por mês, com crises típicas de enxaqueca em alguns desses dias, nos últimos três meses, você tem o diagnóstico de enxaqueca crônica. Um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Cefaleia demonstrou que 9% da população sofre com dores de cabeça diárias ou quase diárias. Já existem medicamentos preventivos para enxaqueca que podem reduzir os dias de dor por mês, porém um novo estudo comprovou que associar exercício aeróbico ao uso desses medicamentos pode trazer um resultado ainda melhor no tratamento da enxaqueca crônica.

A pesquisa, realizada na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) por mim e pela fisioterapeuta Michelle Dias Santiago, estudou 50 pacientes com diagnóstico de enxaqueca crônica divididos em dois grupos: metade dos pacientes fez uso de uma medicação preventiva diariamente, enquanto a outra metade fez uso da mesma medicação diariamente e também praticou atividade aeróbica de forma orientada, três vezes por semana. Após três meses de acompanhamento, todos os pacientes apresentaram melhora do seu quadro com redução na frequência, intensidade e duração das crises de dor de cabeça. Entretanto, o grupo que também realizou atividade aeróbica apresentou uma melhora significativamente maior em todos esses parâmetros, e ainda uma redução do Índice de massa corpórea (IMC), ou seja, perderam peso. Essa pesquisa foi apresentada no XXVII Congresso Brasileiro de Cefaleia ocorrido esse mês e foi premiada melhor pesquisa brasileira na área de cefaleias no ano de 2013.

Associar exercícios aeróbicos ao medicamento preventivo é mais eficaz e traz maiores benefícios ao paciente do que só tomar a medicação. O tratamento da enxaqueca crônica deve envolver múltiplos procedimentos como orientação de rotinas saudáveis com pratica de exercícios aeróbicos regularmente, tempo de sono adequado, alimentação balanceada, suporte psicológico se necessário, terapias não medicamentosas, evitar situações desencadeantes de crises e o abuso de analgésicos, e a orientação de um medicamento preventivo adequado para cada paciente.

 Por: Dra. Thaís Rodrigues Villa

Fonte: http://minhavida.uol.com.br

03 nov
Diagnóstico precoce pode elevar a 90% a chance de cura do câncer de mama
0

Neste mês de outubro, vários monumentos e prédios em todo o mundo foram iluminados de rosa para lembrar do mês mundial da conscientização sobre o câncer de mama. A ideia é ressaltar a importância do exame periódico para detectar a doença ainda em seu estágio inicial.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2012 foram registrados 518,5 mil casos novos de câncer no Brasil, englobando todos os tipos.  O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, com número estimado de 52.680 casos novos por ano, ficando atrás apenas do câncer de pele. Mas é a principal causa de morte por câncer entre as mulheres – há cerca de 12 mil  por ano em nosso país.  No mundo todo, ocorrem 1,3 milhão de novos casos e 458 mil mortes por câncer de mama por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

SAIBA MAIS

  • Arte UOL

No entanto, é possível reverter esse quadro. “Quando o tumor é detectado em seu estágio inicial, a possibilidade de cura é de mais de 90%”, aponta  Sérgio Masili, mastologista do Instituto do Câncer de São Paulo e da Clínica Ginecológica da Faculdade de Medicina da USP. “Por isso é fundamental realizar exames periódicos para que seja possível esse diagnóstico precoce, pois o sucesso do tratamento do câncer de mama está diretamente relacionado a isso”, afirma.

As formas mais eficazes para se detectar precocemente o câncer de mama são o exame clínico e, principalmente, a mamografia, que é capaz de detectar tumores bem pequenos (menos de um centímetro) – o que aumenta muito a chance de cura.

Os exames periódicos também são muito importantes porque o câncer de mama em estágio inicial não apresenta sintomas – eles só aparecem na fase mais avançada da doença, quando o tratamento se torna mais complicado. “Um tumor de mama grande é muito mais difícil de ser tratado, e apresenta menor resposta ao tratamento e também menor sobrevida”, diz Masili.

O caroço no seio – o nódulo – não é o único sintoma. A mulher também deve ficar atenta a outros sinais, como vermelhidão na pele, alterações no formato dos mamilos e das mamas, nódulos na axila, secreção escura saindo pelo mamilo e pele enrugada. Na presença de qualquer um desses sinais, o mais indicado é procurar um médico especializado que faça os exames para confirmar ou não a doença.

Avanços no tratamento

“O tratamento do câncer de mama evoluiu muito nos últimos anos, permitindo maior chance de cura e maior sobrevida”, afirma Wesley Pereira Andrade, cirurgião oncologista e mastologista do A.C.Camargo Cancer Center.

Um exemplo disso é que, hoje em dia, entre 60% e 70% das cirurgias do câncer de mama conservam os seios – ao contrário de algumas décadas atrás, em que a única opção era a retirada total da mama, a mastectomia. Atualmente, o procedimento é indicado apenas em casos avançados da doença, quando o tumor é muito grande ou quando se tem doença em vários locais da mama ao mesmo tempo (doença multicêntrica).

Além das intervenções cirúrgicas serem menos invasivas, nem toda paciente precisa se submeter a radio ou quimioterapia, que podem ser indicadas para complementar o tratamento cirúrgico e assegurar a eliminação total da doença.

Outra forma de tratamento muito importante é a hormonioterapia, realizada em mulheres que possuem receptores hormonais positivos – ou seja, cujo câncer de mama é estimulado pelos hormônios femininos (estrogênio e progesterona). Esses hormônios estimulam o crescimento das células e podem causar o tumor. De acordo com dados do Inca, aproximadamente 60% das mulheres têm tumores com receptores hormonais positivos. O bloqueio desta via de produção, em suas diferentes etapas, é o alvo principal da hormonioterapia, que é feita por via oral através do uso de um comprimido ao dia, durante cinco anos.

Cuidados

Os principais fatores de risco para o câncer de mama é ser mulher e estar envelhecendo. Quanto maior a idade, maior a chance de desenvolver a doença. “O câncer de mama é mais comum em mulheres com mais de 50 anos, e raro em mulheres com menos de 20″, afirma Andrade.

Tabagismo, alcoolismo e obesidade também aumentam consideravelmente o risco de se desenvolver câncer de mama. Diversas pesquisas já apontaram que o cigarro possui substâncias cancerígenas, e que o álcool , assim como a gordura corporal, podem aumentar os níveis de estrogênio que, por sua vez, estimulam o desenvolvimento de tumores como os de mama.

Por isso é importante se cuidar. Ter uma dieta balanceada, evitando a ingestão de alimentos gordurosos, não fumar, consumir álcool moderadamente e praticar exercícios físicos são essenciais. Essas atitudes podem não impedir o desenvolvimento do câncer, mas certamente diminuem seu risco significativamente.

Homens

Ao contrário do que muita gente acredita, o câncer de mama não é um mal exclusivamente feminino. A doença também pode afetar os homens, apesar de ser mais comum entre as mulheres (a proporção é de um caso em homens para cada 100 casos de câncer de mama em mulheres).

Nos homens, geralmente a doença se manifesta entre os 60 e 70 anos de idade. Apesar de ter suas causas desconhecidas, alguns fatores podem desencadear a doença, como os genéticos e hormonais. Além disso, o tabagismo e o consumo abusivo ou crônico de álcool são importantes fatores de risco para o câncer de mama masculino.

Um dos grandes problemas do câncer de mama masculino é o preconceito e a desinformação. Como muitas pessoas acreditam que a doença só acomete as mulheres, ela é geralmente diagnosticada tardiamente nos homens, quando já está em estágio avançado e a chance de cura é bem menor. Por isso os exames são importantes para ambos os sexos. Como o homem tem pouca glândula mamária, fica ainda mais fácil notar qualquer nódulo que apareça. Além de eventuais carocinhos, os homens devem ficar atentos também a vermelhidões ou mesmo dores na região da mama.

Fonte:http://noticias.uol.com.br/saude/

31 out
Corpos de 92 pessoas são encontrados no deserto do Níger
0

deserto mortosAs forças de segurança nigerinas encontraram na última quarta-feira os corpos de 92 emigrantes nigerinos, 52 deles crianças, que presumivelmente morreram de sede no deserto depois de problemas nos veículos nos quais pretendiam chegar a território argelino.

Segundo confirmou nesta quinta-feira à Agência Efe Almustafa Alhacen, presidente da ONG Aghir Imah, que participou das operações de resgate, entre os falecidos há 52 crianças, 33 mulheres e sete homens.

Alhacen explicou que 113 emigrantes, em sua maioria da região de Zinder, no centro-leste de Níger, partiram no último dia 26 de setembro da cidade de Arlit, situada cerca de 200 quilômetros da fronteira argelina.

No entanto, pouco após abandonar a cidade, os dois veículos se avariaram e seus ocupantes se dividiram, alguns tentaram retornar a Arlit e outros continuaram rumo a Argélia, segundo o relato de Alhacen.

Vários corpos estavam espalhados em uma área a cerca de 10 quilômetros da fronteira com a Argélia.

Apenas duas pessoas conseguiram retornar com vida a Arlit, enquanto outras 19 conseguiram atravessar a fronteira com a Argélia.

Alhacen informou à BBC que os corpos estavam em avançado estado de decomposição e que vários deles tinham marcas de mordidas de animais, provavelmente chacais.

 Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mundo

31 out
Clareamento em casa ou no consultório?
0

clareamentoAs manchas e o amarelamento dos dentes podem ser resolvidos com o clareamento dental, prática simples feita em consultório ou em casa. O tratamento é uma questão exclusivamente estética, afirma o cirurgião dentista e consultor científico da Associação Brasileira de Odontologia, Rodrigo Guerreiro Bueno de Moraes. Realizá-lo em casa, com as moldeiras, ou no consultório são processos diferentes e cada um conta com suas vantagens.

O clareamento praticado em consultório parte primeiro de uma limpeza completa da boca do paciente, removendo tártaros e placas. Após essa etapa, um produto com fluor e, às vezes, dessensibilizantes, de alta concentração – que pode ser superior a 25% – é aplicado por um curto tempo sobre o dente. Quando o tratamento ocorre em casa, com supervisão profissional, o processo é diferente: o produto químico utilizado tem concentração inferior, mas fica exposto por mais tempo. São mais ou menos quatro horas por dia usando moldeiras por um período que varia entre dez e 15 dias.

Moraes ressalta que é fundamental uma boa escovação antes do clareamento para que não se crie uma barreira para a ação do produto. Às vezes, até mesmo uma limpeza dental profissional já dá o resultado que o paciente espera e nem é preciso o tratamento.

“Alguns estudos científicos alegam que o clareamento com moldeiras tem um potencial de fixação a longo prazo maior”, diz o consultor. No entanto, ele entende que o tratamento profissional melhorou tanto, com o auxílio de luzes de led e lasers, que o resultado é quase igual.

É importante ter em mente que qualquer tipo de clareamento só funcionará se produtos que mancham os dentes, como café, chá, cigarro e vinho tinto, forem deixados de lado. Por isso, é fundamental a disciplina no tratamento supervisionado.

O mesmo conselho vale para quem usa o creme dental branqueador. É preciso uma prática de higiene diária e a suspensão do consumo abusivo dessas substâncias corantes. “Não adianta usar o creme e fumar. O tratamento é potencializado de acordo com a disciplina”, diz Moraes. Prestar atenção aos espaços entre os dentes é outra dica importante: é ali que se localizam as bactérias que amarelam os dentes. Para isso basta usar o fio dental ou a escova interdental, alerta o especialista.

Fonte:http://estilo.br.msn.com/saude-bucal

31 out
Reforma protestante
0

Reforma protestante

24 out
PARABÉNS PASTOR AILTON JOSÉ ALVES MUITOS ANOS DE VIDA
0

pastor ailton aniversarioNasceu em 18 de agosto de 1953, em Timbaúba, filho de Benedito Claudino Alves e Maria Nelcina Alves. Converteu-se ao Evangelho em 1966, antes de completar 13 anos de idade, e foi batizado no Espírito Santo no mesmo ano num círculo de oração para crianças da AD em Recife. Foi separado para o diaconato em 1974, consagrado presbítero em 1976, a evangelista em 1980, e a pastor em 1984, aos 31 anos.

Casado com Judite Maria da Silva Alves (filha do ex-pastor-presidente do Estado, José Leôncio da Silva) e pai de três filhos: Ailton Júnior, Ana e Jefferson Nafis. Seguiu para o campo missionário em 1981, sendo o primeiro missionário enviado pela Assembléia de Deus de Recife. Ele foi para Mar del Plata, na Argentina, onde permaneceu até 1989, deixando uma congregação com 90 membros. Pouco tempo depois de retornar ao Brasil, assumiu a AD em São Lourenço da Mata, no interior do Estado, na época com 5.300 membros. Após nove anos e seis meses à frente da igreja, entregou-a com 12 mil membros, saindo para assumir a liderança da AD em todo o Pernambuco, em substituição ao pastor José Leôncio da Silva, que pediu jubilação por motivo de saúde.

Ele assumiu a AD de Recife em outubro de 1998.

Pastores, irmãos, autoridades e amigos de Pernambuco e de outros Estados e Países compareceram para prestigiar mais um ano de vida do nosso Pastor.

O senhor, Pastor, tem sido um Pastor, irmão, amigo e pai dessa grande multidão, e uma reserva moral da  igreja e para esta sociedade.

Que Deus continue abençoando o Pastor Ailton José Alves e toda família!

Página 3 de 1612345...10...